• O3S

STaaS: Storage como Serviço

Em agosto de 2019 um órgão público Federal assinou um contrato de aquisição de storage e, a partir deste instrumento, foi elaborado um estudo de caso, comparando o cenário de aquisição com a possibilidade de ter o storage como serviço, localmente.


O cenário em questão envolvia a aquisição de 1 PB de armazenamento, com pagamento à vista pelo órgão.

Na comparação, foi criado um cenário semelhante como serviço e verificado que a aquisição de storage era no mínimo 55% mais cara. E isto sem considerar a questão de todo o pagamento à vista versus o pagamento como serviço, que inicia-se com estimativa de custo mensal de aproximadamente R$ 61.000 e finaliza no sexagésimo (60º) mês com aproximadamente R$ 151.000 (média de R$ 98.000).


Cabe ainda ressaltar que no cenário de serviços o cliente não se preocupa com absolutamente nada relacionado a garantia, suporte, manutenção, atualização, nível de serviço, reposições e etc. Tudo é suportado pela solução 100% gerenciada. Já na aquisição, tem ainda o fator que ao fazer a aquisição, em pouco tempo estará utilizando equipamentos defasados, com tecnologia possivelmente obsoleta em poucos anos.


Mais um grande diferencial do cenário de serviços é que o cliente pode ter flexibilidade e escalabilidade tanto para crescer quanto diminuir seus recursos, pagamento apenas o que estiver usando. Também não precisa se preocupar com exaustivos cálculos de planejamento para avaliar o que precisará daqui 1 ou 2 anos, ele terá a seu dispor qualquer tipo de armazenamento que precisar, instantaneamente, bastando provisionar.


Por último, o storage como serviço além de local também possui integração nativa com AWS, Azure, Google e Oracle, permitindo que você possa migrar facilmente dados entre as nuvens e seu ambiente.


Se você tem interesse em conhecer de forma mais aprofundada este estudo de caso ou outros semelhantes, entre em contato conosco no email contato@o3s.com.br.

124 visualizações

©2020 by O3S